BLOG DA PASTORA ZENILDA


Pra. Zenilda Reggiani Cintra
As opiniões deste blog refletem a minha visão e não, necessariamente, a de outras pastoras da CBB.
Por favor, ao reproduzir textos deste blog indique o link: http://pastorazenilda.blogspot.com/. Obrigada.

terça-feira, 12 de janeiro de 2010

QUE AS PASTORAS FIQUEM CALADAS, É A ORDEM DA ORDEM!


Pr. Fernando de Oliveira Cintra
Não é fácil calar-se, mas às vezes se faz necessário como, por exemplo, na solidariedade do sofrimento humano quando só nos resta o companheirismo da cumplicidade na dor e na esperança de dias melhores. O calar-se assim é uma atitude pessoal, generosa, fruto de uma decisão em nome do amor e é sinal de inteligência e sabedoria. Também precisamos nos calar de tempos em tempos para ouvir as ordens de Deus e em diversas outras ocasiões.
No entanto, há silêncios diabólicos, quando o calar-se é uma imposição de quem pensa que manda, que acha que pode decidir porque tem o poder de um papel ou de uma representatividade e quando se torna consequência de manipulação, de tortura, de politicagem, de poder, de desprezo e de preconceito.
Ninguém pode impor silêncio assim. Ninguém tem o direito de mandar calar a voz de quem é injustiçado. O nosso Mestre por excelência, Jesus, sempre falou nesses momentos e sua voz ecoou bem alta para que todos seus ouvintes soubessem que o exercer da linguagem verbal é direito divino àqueles que são imagem e semelhança de Deus. A voz liberta quem a faz soar e cria caminhos para todos que a ouvem. Por isso ninguém e nenhuma entidade, mesmo a OPBB, podem cercear o direito de voz das pastoras como alguns pensam que podem.
Se o nosso Evangelho e como lidamos com ele em nossa práxis é o de calar-se, então para nada prestará, mas se for de boas novas que se refletem no poder do diálogo, da interação verbal, aí sim poderemos esperar frutos dignos de arrependimento.

 Algumas pastoras da CBB

Que as pastoras falem. Falem entre elas e entre nós pastores. Falem quando pedirem para falarem. Falem na diretoria da OPBB, que não abriu até agora uma oportunidade sequer para ouvi-las, mesmo tendo passado dez anos da ordenação da primeira pastora das igrejas batistas da CBB.  Que tenham condições de se levantarem em nosso plenário (aquelas que por direito deveriam pertencer a OPBB) e exporem suas idéias,  certas que serão ouvidas e respeitadas. Falem nos jornais denominacionais e em todas as mídias. Abram seus lábios e façam ecoar seu silêncio que por muitos anos forjou novas palavras, inéditas perguntas, trabalhou a verdade e sua legitimidade, que explica o que não há explicação.
Ah... e antes de que citem o texto de 1 Coríntios 14, 34-35: “mulheres fiquem caladas na igreja”,  para justificarem o que não tem justificativa,  quero falar que nossas pastoras não são como as mulheres recém convertidas de Corinto. São lúcidas quanto a Palavra, entendem de teologia e quando pedem a palavra não é porque não estão entendendo “algo”, mas porque querem contribuir com idéias, pensamentos, com tudo que diz respeito ao seu dom.
Que ao se levantar em qualquer assembléia uma pastora e fale: “Pela ordem, peço a Palavra”, nós pastores, do gênero masculino, possamos nos sentir honrados por ouví-las e que ouçamos o que elas tem a dizer. Talvez assim possamos entender o que Deus está fazendo em sua igreja em nosso Brasil e mundo e juntos caminhemos para o centro de sua vontade.

3 comentários:

  1. Que momento lindo e de unidade quando juntos homens e mulheres na presença do senhor dos pastores masculinos e fameninos! estou me referindo a foto. quanto ao comentário do pastor Fernando estou certa de que o Espirito Santo nos ouvirá e fala por nós. com amor Pastora Tânia Sobreira.

    ResponderExcluir
  2. UM GR ABRAÇO A TODAS AS PASTORAS

    ResponderExcluir
  3. Parabéns Pastor Fernando de Oliveira Cintra!!
    Meus parabéns... é maravilhoso ouvir um homem de Deus falar como Jesus. Jesus não teve medo de falar para uma mulher que acabara de ser liberta de enfermidade demoníacas: "Esta é filha de Abraão", termo usado somente para os homens...

    E os homens que são libertos eles falam e agem como Jesus...

    Deus continue abençoando
    A Paz do Senhor.

    Parabéns também a minha Amada Pastora Zenilda.

    Um Abraço...

    ResponderExcluir