Por favor, ao reproduzir textos deste blog indique o link: http://pastorazenilda.blogspot.com/. Obrigada.

terça-feira, 5 de março de 2013

POR QUE DEVEMOS COMEMORAR O DIA INTERNACIONAL DA MULHER

Pr. Fernando de Oliveira Cintra
 
Quando Abby Kelley, um abolicionista do século 19, expressou o desejo de enfrentar o preconceito contra mulheres, um ministro local argumentou contra o seu direito de fazê-lo, dizendo:

Nenhuma mulher vai falar ou votar onde eu sou moderador. É suficiente para uma mulher governar sua casa ... ela não tem que vir a este plenário para falar e votar como os homens fazem. Onde a eloquência sedutora da mulher é ouvida, os homens são incapazes de ações corretas e eficientes. Ela seduz os homens por seu sorriso e sua voz suave ... Eu não vou sentar-me em uma reunião onde a feitiçaria da língua de uma mulher é jogada em meu coração.

Quando li esta frase recentemente, em um primeiro momento, claro, irritou-me e fez-me grato por não estar mais vivendo naqueles tempos. Num segundo momento, comecei a pensar sobre as formas em que esta mensagem hoje é transmitida. As palavras podem ser diferentes e as atitudes menos desdenhosas e duras (nem sempre), mas o efeito é muitas vezes o mesmo.

Jesus como ninguém valorizou a mulher e lutou para que a justiça pudesse ser feita à elas. Jesus libertou as mulheres do aprisionamento de ideologias como esta citada, escondida atrás de palavras de homens ditos “cultos”. Por isso devemos, como cristãos,  repudiar discursos que colocam as mulheres somente no âmbito de suas casas, retirando o direito delas de expressarem seus chamados e vocações dadas por Deus para atuarem na sociedade nas diversas formas possíveis. Devemos repudiar discursos que insistem em dizer que quando uma mulher se levanta para tratar de assuntos de justiça social ela está legislando em causa própria, é feminista ou está desviando a atenção de questões realmente importantes. Devemos nos sentir profundamente incomodados quando mulheres são acusadas de caluniar o corpo de Cristo por simplesmente compartilharem citações como esta e se posicionarem terminantemente contrárias a qualquer tipo de cerceamento na obra do Mestre. E por fim, devemos levantar a nossa voz pelas mulheres que são atacadas veemente por pedirem para que os homens peçam desculpas por difamá-las e impedi-las de ser imagem e semelhança de Deus.

A ironia é que esta citação veio de um ministro abolicionista - alguém dedicado à obra de libertar os cativos e anunciar o caminho do Senhor. Temos que refletir porque vemos acontecer o mesmo hoje quando alguns que estão empenhados em trabalharem pela justiça são aqueles que oprimem as mulheres, mais do que isto, são opositores à justiça de Deus quanto as “Evas”'. Talvez esteja aí o motivo do fracasso de muitas igrejas nesta área do direito. Se estou certo, isto também significa que corações ainda precisam ser mudados, e que ainda há muito trabalho a ser feito.

Devemos celebrar o Dia Internacional da Mulher porque precisamos nos lembrar, sempre,  que as mulheres ainda precisam de defensores, que as vozes das mulheres devem ser ouvidas e são úteis. Há muito trabalho a fazer e tudo o que pode chamar a nossa atenção e nos desafiar a trabalhar em função da plena cidadania das mulheres, em vez de ignorá-las ou feri-las, será uma bênção.

Nenhum comentário:

Postar um comentário